Entrevista – Luky LK

0
2230
views

O cantor carioca Luky LK vem se destacando cada vez mais entre os cantores LGBTQ+. Mas não pense que o gato começou agora, com 15 anos de carreira o cantor tinha outro nome artístico, a troca de nome se deu por sugestão do produtor Batutinha responsável por lançar artistas como: Anitta, Naldo Benny, Valesca, entre outros.

Luky LK separou um tempinho e respondeu algumas perguntinhas para nós do Músculo Duro. Espero que vocês curtam tanto quando curti entrevistado esse gato. Confira:

Luky, como surgiu sua paixão pela musica?
– Olá Dan eu não me lembro o certo quando começou, só sei que eu era criança e sempre me vi no palco cantando e me apresentando.

Você tem já tem 15 anos de carreira, na sua opinião o que mudou no cenário musical de lá pra cá?
– Antes as coisas eram muito fechadas a quem tinha gravadora, com o avanço da internet todos temos o mesmo espaço. Já falando do cenário musical LGBT, um artista gay era sempre mal visto, sempre associaram o gay a promiscuidade, se hoje podemos subir em um palco dizer que é gay e ser respeitado por nosso trabalho, isso se deve as pessoas que sempre lutaram por nossos​ direitos​, hoje podemos mostrar que somos muito mais que sexo e beijo na boca, e com isso as portas vem se abrindo cada vez mais para nós.

Quais são os artistas que te inspiram?
– Michael Jackson, Beyoncé e Sandra de Sá são artista que me inspiram muito, atualmente Anitta, pela sua história é sem dúvidas pelo seu talento, gostem ou não, ela serve de inspiração para nós artistas brasileiros.

E você já teve a oportunidade de conhecer algum deles graças ao seu trabalho?
– Conheci a Anitta e a Sandra de Sá na Festa Nacional da Música em 2012 onde eu também me apresentei no palco principal.

Se você tivesse a oportunidade de escolher um deles para uma parceria, quem seria?
– Sem dúvidas Anitta tem mais haver com meu trabalho e sem contar que tudo que ela toca vira ouro neh 😁

Seu trabalho mais recente é ‘Beija Minha Boca’, você pode nos contar algo inusitado que aconteceu nos bastidores e que ninguém sabe?
– Para a gravação do vídeo clipe alugamos uma mansão abandonada próximo ao Cristo, fizemos o roteiro, escolhemos figurino, alugamos vários equipamentos de luz, faltando menos de 24 para a gravação recebemos uma ligação da pessoa que nos alugou que o local foi interditado, aí entramos em desespero e começamos a ver um outro local é a hora foi passando e a gravação era as 8 da manhã do dia seguinte, as 22 horas do dia anterior a gravação, decidimos começar a gravar em uma praça na Ilha do governador e durante a gravação o pessoal da minha produção estava correndo atrás dos outros locais para gravar o restante das cenas, mas na hora da gravação toda a equipe produção, maquiadores, os meus bailarinos estavam​ tão unidos com tanta vontade de fazer que esquecemos os​ problemas​ e foi tudo muito prazeroso com uma harmonia incrível, aí percebemos que quem escreveu o roteiro foi Deus.

Eu vi que você compõe desde os 12 anos. Qual é seu maior desafio em compor e cantar?
– Na hora de compôr o meu maior desafio é sempre escolher o tema, na verdade nunca escolho, é muito estranho pois letra e melodia ficam martelando minha cabeça até eu parar tudo e começar a escrever. Já cantar, meu maior desafio é me ouvir perfeitamente, pois muita gente não sabe mas sou deficiente auditivo devido a uma meningite, eu consigo criar também minhas produções, mas não consigo mixar os instrumentos devido a isso.

Sabemos que cada artista tem seu processo de criação. Na hora de compor, como é o seu processo?
– Na hora de compôr não gosto que falem comigo, desligo telefone, fico extremamente isolado, as vezes pareço Chico Xavier escrevendo e não consigo usar​ o computador para escrever música, escrevo tudo em papel.

E você pode dar um pequeno spoiler de algum trabalho que fará em breve?
– Estou preparando meu novo single, e também vou lançar uma música com o cantor espanhol John Andrade, ele conheceu meu trabalho quando ouviu minha música em uma playlist no Spotify, me procurou no Instagram e me fez o convite para gravar seu novo single, a música já está quase pronta.

Então Luky, eu sou um pouco curioso e muito safado, então não poderia deixar de falar umas ousadias não é mesmo? No meio musical, rola muita sacanagem?
– Adoro essas ousadias kkk. Entre artista é mais difícil mas não é impossível acontecer, mas tem uns fãs mais ousados aí as vezes acontece uns beijos… e se eu estiver solteiro beijo mesmo 🙊

Sem citar nomes, você já pegou alguém famoso do meio musical?
– Ainda não, mas eu também nunca falaria quem, somente houve troca de olhares.

Você já transou antes de algum show? Acha que te ajuda no seu desempenho no palco?
– Já fiz Variasssss vezes, ajuda muito, enquanto uns bebem eu prefiro sexo mesmo.
Mas eu sou um santo.

Pode nos contar alguma outra aventura que você teve?
– Contar melhor não, mas posso te dizer que sou uma pessoa que realizo todas as minhas fantasias e adoro realizar as de quem está comigo.

Já trocou nudes com algum fan?
– Amorrrr devo ter book de nudes por aí kkk. Tô zoando, mas já troquei sim.
Mas vale lembrar que divulgar sem minha autorização é crime, a gente ameaça logo pra não correr riscos. kkk

Bom Luky, obrigado pela entrevista. Gostaria de deixar uma mensagem para o pessoal que acompanha o Músculo Duro?

Siga Luky LK no instagram: @lukylk